terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

ESTAÇÃO ECOLÓGICA DO SERIDÓ:ESEC-SERIDÓ

A ESEC está inserida na depressão sertaneja setentrional,uma das áreas mais secas das caatingas
(Velloso et al. 2002)e situada geograficamente entre 6º37'30" e 6º37'00" S e 37º14'30" e 37º16'30" W,
ocupando uma área de 1.166,38 ha,no municipio de Serra Negra do Norte/RN.O clima é semiárido
quente e seco(Ab'Saber 1974),com curta estação chuvosa predominante nos meses de Março a Maio,
com índice de precipitação entre 500 e 700 mm/ano.A estação seca se distribui de Julho a Dezembro ou
Janeiro.A umidade relativa do ar varia de 30 a 50% nos meses de seca e de 80 a 90% nas estações
chuvosas.A temperatura média anual varia de 28º C a 30º C;as mínimas variam de 17º C a 20º C,e a
insolação atinge entre 2.800 e 3.200 h/ano.O solo é arenoargilo,pouco a moderamente profundo,com
trechos de aluviões e elevação abrupta na porção nordeste da serra verde,com 390 m de altitude(Varela-
Freire 2002).O Seridó apresenta um tipo peculiar de caatinga,seca e esparsa,com arbustos e árvores de
até 2 m de altura(Velloso et al.2002).Na  ESEC Seridó,a vegetação é do tipo hiperxerófila arbóreo-
arbustiva,com estrato herbáceo denso apenas na estação chuvosa(Varela-Freire 2002).Em meio a essa
vegetação arbóreo-arbustiva são encontradas várias extrusões rochosas que,durante a estação chuvosa,
ficam recobertas pela vegetação,proporcionando um ambiente parcialmente sombreado;na estação seca,
devido ao fenômeno da caducífolia,ficam expostas em formas de grandes afloramentos rochosos,
caracterizando a paisagem típica da região.A região do Seridó potiguar foi indicada como área prioritária para a conservação dos répteis das caatingas,por ser insuficientemente conhecida e bem
conservada(Rodrigues et.al. 2004).A aprovação pelo CNPq de um programa Ecológico de longa duração(PELD/caatinga:estrutura e funcionamento,Processo nº 521134/01-3)para essa região,e também
para o Cariri paraibano(considerada de importância biológica muito alta)por um período de 10 anos,
iniciado em 2002,veio suprir a escassez de estudos ecológicos nestas áreas.


Texto retirado do livro: Múltiplos Olhares sobre o Semiárido Brasileiro:Perspectivas Interdisciplinares

Organizadores:
Eliza Maria Xavier Freire
Gesinaldo Ataíde Cândido
Pedro Vieira de Azevedo

Editora da UFRN-EDUFRN

Natal,RN
2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

alojamento de pesquisadores

alojamento de pesquisadores
esec/seridó

Marcando pontos no gps

Marcando pontos no gps
George Stephenson Batista em trabalho de campo.

Marcação de pontos com gps

Marcação de pontos com gps
Esec/Seridó (ICMBio)