segunda-feira, 15 de outubro de 2012

FAUNA DE LAGARTOS

A fauna de lagartos das áreas de Caatinga e Mata Atlântica das localidades analisadas no
estado do Rio Grande do Norte(Freire,1996 et al.2009;Sousa 2007,2010;este estudo)
levou ao reconhecimento de 29 espécies.De toda a fauna  de lagartos,uma riqueza de 21
espécies foi registrada para ambos os biomas.Similarmente,oito espécies foram registra-
das para as Caatingas(Tropidurus semitaeniatus,Hemidactylus agrius,Lygodactylus klugei,
Phyllopezus periosus,Phyllopezus pollicaris,Acrotosaura mentalis,Anotosaura vanzolinia e
Vanzosaura rubricauda)e para a Mata Atlântica(Enyalius catenatus,Anolis fuscoauratus,
Hemidactylus mabouia,Gymnodactylus darwinii,Coleodactylus natalensis,Dryadosaura
nordestina,Mabuya macrorhyncha e Kentropyx calcarata). Finalmente, as 13 espécies
comuns aos dois biomas foram as seguintes: Iguana iguana,E. bibronii, H. brasilianus,
Polychrus acutirostris,Tropidurus hispidus,Gymnodactylus gekoides,Diploglossus lessone,
C. meridionalis,Diploglossus lessone,Micrablepharus maximiliani,M. heathi,Ameiva ameiva,
Cnemidophorus ocellifer e Tupinambis meriane).






















 

4 comentários:

  1. Queria saber um pouco mais sobre aquele lagarto de cauda vermelha, acho que é o vanzosaura rubricauda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim é o Vanzosaura!vou pesquisar e coloco no blog tá!

      Excluir
  2. Encontramos um lagarto de cauda laranja na escola onde trabalho, em São Bento do Trairí-RN. Gostaria de saber mais sobre esta espécie, se ele é comum no estado e a que tamanha chega. O que vimos tinha poucos centímetros. Meu endereço para contato: https://www.facebook.com/elve.ribeiro

    ResponderExcluir

alojamento de pesquisadores

alojamento de pesquisadores
esec/seridó

Marcando pontos no gps

Marcando pontos no gps
George Stephenson Batista em trabalho de campo.

Marcação de pontos com gps

Marcação de pontos com gps
Esec/Seridó (ICMBio)